Cultor de Livros

A formação da afetividade: Uma perspectiva cristã

Nas últimas décadas, tornou-se cada vez mais evidente a necessidade de oferecer uma sólida formação da afetividade, que favoreça o desenvolvimento saudável e harmonioso da pessoa na sua dimensão somática, psicológica e espiritual. Só assim se pode chegar a uma vida humana e cristãmente alegre, integrada, significativa e apostolicamente fecunda. No entanto, é comum entre os formadores a sensação de que dispõem de poucas ferramentas para realizar essa tarefa. 

Olhar com os olhos de Jesus. Viver uma vida pura no século XXI

Uma leitura atenta do evangelho nos faz perceber como o olhar de jesus fazia com que as pessoas se sentissem amadas, com vontade de ser melhores e muitas vezes as levou a deixar tudo e a segui-lo.

Acompanhar no caminho matrimonial. A pastoral familiar à luz de "Amoris laetitia"

Amar e ensinar a amar. A formação da afetividade nos candidatos ao sacerdócio

Em várias ocasiões, o papa francisco propôs uma “revolução de ternura” tanto para os cristãos como para toda a humanidade. Ele está convencido de que a força da fé atinge as periferias do mundo “por atração”: a atração do amor vivido de modo sacrifi cado, universal, transparente e alegre. A partir dessas palavras é possível entender a importância, especialmente para os futuros sacerdotes, de aprender a amar com maturidade e de ensinar os outros a amar.

Abbonamento a RSS - Cultor de Livros

SEGUI LE ATTIVITÀ DELL'UNIVERSITÀ

Newsletter - L'Appuntamento

Resta aggiornato sulle nostre attività e sugli eventi

Iscriviti alla newsletter